quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Reunião das modelos para o 10º aniversário

Para encerrar a série de postagens dedicadas às modelos que representaram Lara Croft, sinto que é a hora "certa" para compartilhar esse conteúdo por aqui. Mas, sim, esse encontro ocorreu durante as celebrações do décimo aniversário da franquia, quase 15 anos atrás...

A extinta plataforma GameTap tinha uma forte parceria com a Eidos na época, assim, recebemos a excelente série animada Re\Visioned e o documentário Ten Years of Tomb Raider. Para celebrar o evento, eles ainda realizaram um ensaio contemplando o primeiro (e único) encontro oficial entre as diferentes modelos.

No documentário, o capítulo A Tale of Five Laras é completamente dedicado a esse ensaio, intercalado com breves entrevistas com as garotas nas quais elas compartilham suas experiências de ter calçado as botas de Croft. É uma pena que elas não vestiram trajes característicos da aventureira, ao menos para parte do ensaio, mas a combinação de trajes pretos e de couro funcionou bem.

Da esquerda para direita: Nell McAndrew, Lara Weller, Karima Adebibe, Lucy Clarkson e Jill de Jong.

Por algum motivo, Natalie Cook e Rhona Mitra foram deixadas de lado. De certa forma, faz sentido que Natalie não tenha participado, uma vez que ela era uma de três garotas que promoveram o jogo antes de existir um cargo oficial de "modelo de Lara Croft". Por outro lado, Rhona sequer ser citada é estranho, mas imagino que existam complicações legais por trás dessa decisão.

As fotografias desse encontro podem ser conferidas no portal Tomb Raider Chronicles, que também incluem ensaios individuais das garotas.

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Alex C. lança novo remix de Angel of Darkness


2020 tem sido um ano um tanto quanto imprevisível. Duas semanas atrás, o músico Alex Christensen divulgou em sua página no Facebook um novo remix de Angel of Darkness, em colaboração com Pyjama Pack. A saber, Yass é a mesma Yasmin Knoch do (não) sucesso de outrora, lançado em 2003 pela divisão alemã da Eidos Interactive durante a campanha promocional do jogo homônimo.
 
Esse novo remix coincide com a chegada do single original ao Spotify, confira:

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Square Enix anuncia Tomb Raider: Reloaded


Numa manobra supreendente e completamente inesperada, a Square Enix publicou hoje o primeiro teaser de Tomb Raider: Reloaded! Trata-se de um jogo de ação e arcade, para plataformas Android e iOS, desenvolvido pelo estúdio Emerald City Games. Com lançamento global previsto para 2021, mais informações e detalhes sobre o jogo devem ser divulgados em breve.

Por ora, podemos apreciar o belo estilo artístico e as inúmeras referências (até mesmo o logotipo!) à era clássica da franquia no breve teaser. Embora a pandemia tenha forçado um atraso no novo filme, a princípio já temos uma estátua de luxo e, agora, este jogo para celebrar o 25º aniversário da franquia. Vida longa à nossa rainha!

domingo, 22 de novembro de 2020

History and Geography in Tomb Raider — Ep.3


Após um hiato de quase quatro anos, o episódio de Adventures of Lara Croft finalmente faz sua estreia na série History & Geography. O projeto, do fã Sanglyph, e que começou a tomar forma durante o vigésimo aniversário, narra as viagens de nossa aventureira máxima em formato de documentário, intercalando cenas dos jogos com informações e imagens dos locais reais que serviram (ou não) como inspiração para os desenvolvedores.
 
No caso de TR3, a história é notória por sua superficialidade, mas este episódio tenta preencher algumas das lacunas com especulações sobre certos detalhes e inconsistências, como, por exemplo, a distância geográfica entre a estação abandonada de Aldwych e o museu que Lara invade em Lud's Gate, ou a localização da hipotética tribo Infada às margens do Rio Ganges. Mesmo a Área 51, que talvez não tenha o mesmo potencial histórico das demais áreas, tem seu devido segmento.

Nos comentários do vídeo, o autor sinalizou que o próximo episódio já está em desenvolvimento.

[ History and Geography in Tomb RaiderFacebook | YouTube ]

sábado, 21 de novembro de 2020

Mod injeta traje neoclássico em Rise

Poucas semanas atrás, um kit de ferramentas para injetar mods em Rise of the Tomb Raider foi disponibilizado. Para nossa sorte, nossa comunidade conta com membros como doppel-zgz — bastante conhecido por suas belas artes digitais —, que rapidamente criaram e disponibilizaram um traje que remete diretamente às origens de Lara Croft.

O mod pode ser baixado através do portal Nexus Mods, que também apresenta todas instruções para instalação. A melhor parte é que o mod substitui o traje Grey Henley, o que significa que é possível usá-lo tanto na campanha quanto nos modos de Expedição, bastando selecionar a carta apropriada para tal.

domingo, 1 de novembro de 2020

Legend

Em meados do ano passado, eu finalmente trouxe ao blog conteúdo sobre os antigos jogos de Tomb Raider para plataformas móveis, daquela época mais simples quando não existiam smartphones. Ademais, na postagem dedicada a Legend eu lamentei que a versão 3D havia sido perdida para o tempo...
 
De lá para cá, um novo emulador, em constante desenvolvimento, surgiu e tornou possível a emulação de jogos que rodavam no extinto sistema operacional Symbian, dos celulares topo de linha da época. E mais, os desenvolvedores estão incorporando gradualmente suporte a jogos de N-Gage — ou seja, essa série de postagens ainda não está finalizada.

No caso de TRL, versão 3D foi desenvolvida pela Sixela Productions em parceira com a Fathammer. Ela segue uma história altamente adaptada da versão original, com um total reduzido de três locais distintos: o arranha-céus de Takamoto, em Tóquio; cavernas e penhascos em Gana; e o museu sobre a tumba do Rei Arthur, na Inglaterra.

Existem três tipos de níveis para cada uma das ambientações. O primeiro é focado em plataforma, fazendo uso de saltos e do gancho magnético para navegar ambientes lineares e esquivar de armadilhas. O segundo é combate puro, com corredores repletos de inimigos. É possível usar saltos acrobáticos — inclusive quicando de paredes — para esquivar e atirar nos inimigos, mas o jogo permite que Lara tome cobertura em elementos do cenário (sensacional!).

Por fim, cada área tem um chefe próprio, onde as mecânicas são similares aos corredores de combate mas em uma arena circular. Os chefes são "esponjas de balas", de certa forma, mas para atingir Rutland, por exemplo, você primeiro deve atordoá-lo usando explosivos; e o combate contra o leviatã na tumba não conta com sinos, mas, caso você se esconda, ele tentará engolir os mercenários invadindo o local e isso dará uma chance para Lara atirar nos explosivos pendurados nos corpos deles.

Apesar disso, as fases pouco têm em comum com a versão que todos conhecemos e amamos. As próprias artes usadas para ilustrar a história são exclusivas e narram essa versão alternativa, como o exército de mercenários de Rutland monitorando as descobertas de Lara através de grampos. Aliás, tais artes são muito bonitas, é uma pena que não estejam disponíveis em resoluções maiores.
 
Esperei quase 15 anos para conferir essa versão pessoalmente, mas como um fã ávido e compulsivo, fico feliz em ticar mais essa caixa. Seguem algumas capturas para documentar essa jornada:

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Modo co-op de Rise com problemas na Steam

Informação atrasada, sim, mas ainda relevante.

Alguns dias atrás, eu e um amigo iniciamos sua jornada em busca das conquistas do modo cooperativo de Rise of the Tomb Raider, mais especificamente, do modo Endurance (também conhecido como Modo Resistência na versão localizada), porém fomos surpreendidos por um número de dificuldades técnicas.

Telas de loading infinitas; casos em que o jogo iniciava mas apenas o personagem local se movia, enquanto o outro personagem ficava congelado no chão ou no ar; por vezes podia-se ouvir a trilha sonora ambiente, mas a tela ficava preta e a partida jamais iniciava. Ficamos cerca de uma hora fazendo testes sem êxito.

Decidimos pesquisar e descobrimos através dos fóruns de discussão da Steam que trata-se de uma situação comum e existente desde dezembro de 2018, quando o jogo recebeu uma atualização que nunca foi documentada através de patch notes.

A solução não é ideal, mas ao menos permite acessar o modo cooperativo e destravar todas as conquistas atreladas a ele: ambos os jogadores devem reverter para a versão anterior a essa atualização. Para isso, antes de iniciar o jogo, clique com o botão direito sobre seu ícone na Steam, clique em Propriedades, e selecione a opção  Build 811.3  na aba Betas. O aplicativo irá fazer um download de aproximadamente 190MB.

Dito isso, ainda enfrentamos algumas situações de instabilidade em nossas sessões, como personagens desaparecendo e travamentos, além da tradicional mensagem (temporária) de que os servidores estão inacessíveis. Considerando o tanto de tempo que se passou desde então, suponho que não veremos uma correção para quaisquer destes problemas, infelizmente.

domingo, 25 de outubro de 2020

Alison Carroll

Alison Carroll
Nascida em 21 de maio de 1985, em Londres, Inglaterra.
Tinha 23 anos quando vestiu o traje.

Alison Carroll foi a última modelo oficial, contratada pela Eidos para a campanha de marketing de Underworld. Curiosamente, porém, sua primeira aparição como Lara Croft (então anônima) ocorreu no comercial live-action de Anniversary para Nintendo Wii, lançado alguns meses após a versão inicial para PlayStation 2.

Assim como Karima, Alison também precisava fazer mais do que caras e bocas. Ela recebeu treinamentos de combate e armas de fogo e até um pouco sobre arqueologia, mas seu histórico como ginasta que foi amplamente aproveitado nas apresentações públicas. A coreografia talvez não grite "Lara Croft!", mas as acrobacias eram muito bacanas. Sorte de quem pôde conferir pessoalmente...

No decorrer da turnê mundial, a Eidos publicou um vlog de Alison e podemos ver a garota fazendo tantas atividades e ensaios fotográficos diferentes que nunca foram adequadamente divulgados. Mesmo o famigerado ensaio subaquático resultou na publicação de uma única fotografia.

Após o término do contrato, Alison investiu em uma carreira como atriz, mas seu último papel creditado foi em 2016. Mais recentemente, ela voltou brevemente ao universo de Tomb Raider como convidada especial em algumas apresentações da Tomb Raider Suite, bem como estrelou uma série de minivídeos promocionais do mesmo projeto.

Imagens de Alison no papel estão disponíveis no portal Croft Generation e, também, nesta galeria compartilhada no Reddit. O supracitado trailer live-action de TRA pode ser conferido logo abaixo. Observe a engenhosidade para que o rosto de Alison não seja visto claramente nas cenas (em tempo: Karima ainda era a modelo oficial).

Antiga entrevista publicada no guia de TR1

A data de hoje marca exatos 24 anos desde que Tomb Raider chegou ao mercado. Para celebrar esse aniversário, eis aqui uma tradução livre de uma breve entrevista com a Core Design, publicada no guia de estratégia oficial da extinta Prima Games ainda em 1996.

[ * * * ]

The Making of Tomb Raider

Wow—que jogo! Tomb Raider é provavelmente o primeiro jogo de aventura em 32 bits a oferecer ao jogador liberdade total de movimentos em um ambiente 3D. Temos certeza que veremos muitas outras aventuras assim—elas são viciantes e recompensadoras! Centenas de horas são necessárias para criar uma obra-prima como Tomb Raider. Designers gráficos, programadores, engenheiros de áudio, criadores de níveis—trabalhos de todos os tipos estão envolvidos na criação dos enormes níveis e em torná-los tão realísticos quanto possível para o jogador. Esse capítulo final esperançosamente vai dar uma visão do processo de criação envolvido enquanto falamos com as mentes criativas da Core Design, desenvolvedores de Tomb Raider...

De onde surgiu a ideia para Tomb Raider?
 
No início de 1994, a indústria de videogames parecia caminhar em direção a um excesso de cópias de Ultima Underworld, como Doom por exemplo. Nós concebemos a ideia de pegar um jogo no estilo de corredores e introduzir um protagonista, se distanciando da sensação de primeira pessoa. A ideia era criar um jogo que parecesse tão empolgante quanto um desenho animado, mas com a mesma liberdade complexa de movimento que Underworld tinha.

Por que vocês decidiram ter uma mulher como protagonista?

Estávamos cansados do personagem principal estereotípico, eu suponho. E também, se você vai passar o jogo inteiro olhando para um personagem, tanto melhor que seja um personagem atraente!
 


sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Karima Adebibe

Karima Adebibe
Nascida em 14 de fevereiro de 1985, em Londres, Inglaterra.
Tinha 21 anos quando vestiu o traje.

Karima Adebibe estava prestes à desistir da carreira de modelo quando firmou contrato com a Eidos. Sorte nossa. A garota, que planejava investir em fotografia ao invés, não precisava apenas parecer-se com Lara Croft: ela deveria ser Lara Croft.

Para isso, ela passou por extensivos treinamentos, desde etiqueta e elocução até treinos militares de combate e armas de fogo. Talvez tenha sido um investimento excessivo por parte da contratante, mas isso ajudou Karima a se sentir mais confortável e confiante no papel. Ela participou de feiras, eventos, e cedeu entrevistas em programas de TV e rádio, nas campanhas promocionais de Legend e Anniversary.

Além de ter sido a única modelo a promover dois jogos da série, ela também teve o maior número de trajes em seus ensaios. Após sua revelação com o traje Legend, Karima vestiu Winter Pink, Evening Ripped, Swimsuit Black, Legend Union Jack, e, por fim, Anniversary. Existe uma misteriosa imagem na qual ela veste uma variante inglesa da Legend, e, a título de curiosidade, ela usou o traje de Angel of Darkness durante as etapas de seleção.

Aliás, aproveitando a deixa, Karima foi selecionada durante os anos sombrios da franquia. Após o fracasso comercial do jogo anterior, que resultou na extinção da Core Design, os jornalistas surgiam nas coletivas de imprensa minados de ceticismo, mas a atitude positiva e amigável da garota mudava a atmosfera completamente. E, para ela, a personagem era inspiradora: "ela é atlética, aventureira, muito inteligente, e tem proporções absolutamente perfeitas. Ela basicamente tem tudo."

Em tempos recentes, Karima tem atuado em séries inglesas, como Fearless e Deep State, e também conta com breves aparições em produções de Hollywood. Observe que seu nome legal agora é Karima McAdams.

Você pode conferir galerias da modelo nos portais Croft Generation e Tomb Raider Girl. Por algum motivo ou outro, apenas uma fotografia do ensaio de TRA foi publicada, o que é uma verdadeira lástima. O ensaio em questão pode ser conferido no documentário Ten Years of Tomb Raider.