sábado, 25 de junho de 2022

Temples and Tombs

E, por fim, em meados de 2019, Temples and Tombs foi lançado. Ao contrário dos dois jogos anteriores, desta vez a subfranquia Lara Croft foi licenciada para esse fim — com sorte, não será a última vez que ouviremos falar dela, esperançosamente a Embracer Group irá viabilizar novos jogos cooperativos isométricos (ao menos um ambientado na Grécia, por favor!).

Diferentemente dos jogos anteriores, esse caça-níqueis usa um sistema de blocos em suas bobinas, no qual certas combinações resultam em prêmios bônus pela eliminação de blocos que são imediatamente substituídos, permitindo novas combinações e sequências. Entretanto, tudo ainda funciona da mesma forma — na real, parece até mais simples que seu predecessor, já que não conta com modos extras.
 
Os símbolos usam artes de Temple of Osiris, algumas levemente editadas, e algumas completamente novas, como o cantil ou a peculiar arte de Lara em uma moto. Para contextualizar o jogo no universo de Tomb Raider, alguns clipes de voz reciclados de Keeley Hawes são usados em certos eventos, e uma breve animação entre as rodadas bônus mostram ilustrações claramente inspiradas por outros jogos da série. (E, reforçando, nada justifica o risco de uma aposta real.)
 

quarta-feira, 22 de junho de 2022

Secret of the Sword

Quatro anos após o lançamento do primeiro cassino virtual, Secret of the Sword foi disponibilizado e, dessa vez, se aproveitou da estética de Legend. Não apenas isso, mas o jogo também procura incorporar uma espécie de narrativa entre os sorteios: certos símbolos ativam linhas de diálogo entre Lara Croft e Alister até que, por fim, você pode partir em busca da Excalibur.

Os fragmentos da espada estão em cinco das áreas presentes em TRL: Bolívia, Japão, Gana, Inglaterra, e Nepal. Cada área é representada por uma imagem de fundo e objetos próprios, bem como o uso de conversas específicas àquele local. Por vezes, são diálogos de TRL regravados pelos novos dubladores (não creditados), mas a maior parte dos diálogos é original.

Esse jogo também foi disponibilizado para download em algum momento, e foi através dessa versão que consegui, muitos anos atrás, obter todos os diálogos que resultaram na compilação em vídeo que postei alguns anos atrás em meu canal:


O minigame para encontrar os fragmentos da espada é exatamente igual ao Tomb Bonus do jogo anterior, onde você deve escolher objetos na tela. A diferença é que, além dos prêmios bônus, os objetos podem ser armadilhas: se clicar em duas armadilhas numa mesma área, você é emboscado por ninguém menos que Amanda em uma batalha que não envolve qualquer tipo de interação sua mas, curiosamente, traz barras de vida para as personagens — e os elementos na tela remetem a jogos de luta em planos 2D.

Outros eventos também fazem com que a própria Lara Croft surja na tela, saltando, deslizando e disparando contra certos símbolos das bobinas para transformá-los em coringas. É um aspecto bem simplório, mas pelo menos o uso de elementos oriundos da franquia licenciada é muito maior do que no jogo anterior. (E isso ainda não é o suficiente para que você aposte dinheiro real).


segunda-feira, 20 de junho de 2022

Curiosidade: Lara Croft em gibi dos X-Men

Enquanto conferia a seção de quadrinhos de Tomb Raider que o amigo Roli montou para o portal Raiding the Globe, notei que ele listou algumas edições de Witchblade que eu não tenho em minha coleção. Investiguei e descobri que a aparição de Lara Croft em tais edições é bem superficial, quase que a nível de cameo.

Isso desencadeou um gatilho em minha memória: lembrava que, muitos anos atrás, alguém tinha postado no Twitter que Lara Croft e Chase Carver estavam presentes em uma história em quadrinhos dos X-Men, e os resultados das buscas no Google não estavam me ajudando em nada. Quando finalmente pensei no artista, encontrei o que procurava, sem dificuldades, em seu portefólio.

domingo, 19 de junho de 2022

Lara Croft: Tomb Raider

Considerando o baixo fluxo de notícias sobre nossa franquia favorita, e talvez raspando o fundo do tacho, no decorrer desta semana vou trazer uma postagem para cada um dos três jogos de cassino, com breves comentários e uma galeria de capturas próprias para fins de registro. Todos estão prontamente acessíveis, mas, dada a natureza do material, o acesso fica sob sua responsabilidade (e, em qualquer caso, jamais aposte dinheiro real).

O primeiro cassino virtual de Tomb Raider foi lançado em 2004, então o uso de uma ou outra arte que remeta à Angel of Darkness não chega a ser surpresa. Quando saiu, eu lembro que existia uma versão para download que instalei uma vez para conferir o conteúdo e a removi rapidamente. Essa versão incluía uma animação de abertura, produzida em Flash, que fiz questão de arquivar — e fico feliz que o fiz, pois a versão online do jogo não conta mais com a mesma. Com o uso de ferramentas mais recentes, consegui ampliar a resolução do arquivo e postei em meu canal no final de 2020:


Dependendo da combinação de símbolos que surgirem na sua tela, você recebe o chamado Tomb Bonus onde pode escolher três artefatos, cada qual representando um prêmio de diferente valor. Fora isso, o jogo não apresenta qualquer característica especial ou que mereça uma menção.


terça-feira, 14 de junho de 2022

Screenshots de Fortnite × Tomb Raider, pt.1

Eu tenho um relacionamento de amor é ódio com Fortnite. Sempre minto, para mim mesmo, que já fiz tudo o que pretendia fazer e não voltaria a jogá-lo, com o intuito de despender esse tempo em outros jogos. E, mesmo assim, me encontro mergulhando na ilha com bastante frequência... Com ou sem o passe de batalha, ao menos uma vez por temporada estou lá.

E, não apenas isso, mas eu considero o modelo de nossa Tomb Raider absolutamente perfeito. Após encerrar uma sessão, rapidamente checo os replays para fazer cada vez mais screenshots. Ao invés de continuar jogando essas imagens aleatoriamente em minha fracassada conta no Twitter, decidi criar uma série de postagens periódicas para arquivar essas imagens em meu fracassado blog.

Assim sendo, de tempos em tempos trarei uma galeria de capturas próprias. O foco, naturalmente, será na própria Lara Croft e não tanto em seus arredores. Como o número de crossovers em Fortnite é impressionante, também pretendo capturar os breves momentos onde Lara Croft cruza caminhos com personagens de outros universos. Todo mundo está aqui!
 
[ * * * ]
 

quarta-feira, 1 de junho de 2022

Lara Croft, Sara Pezzini, e Aspen Matthews

Como eu citei na postagem de novas aquisições para minha coleção ontem, o Crossover Tour Book de Fathom traz em suas páginas uma breve seção onde as três garotas revelam secretamente o que pensam de suas parceiras nesse grande encontro.

Naquele tipo de conteúdo diligente que você encontraria apenas no blog Raider Daze, traduzi as passagens relevantes à nossa aventureira; tanto o que ela pensa sobre Sara Pezzini e Aspen Matthews como o contrário. Vale lembrar que Lara e Sara já eram grandes amigas a essa altura.
 
Anos atrás, quando maratonei todos os quadrinhos de Tomb Raider, escrevi um resumo deste crossover, caso tenha interesse em conferir. A postagem é uma das mais acessadas do blog, mas tenho certeza que por uma simples má interpretação do título que usei; nesse contexto, "Taras" nada mais é do que o nome de um dos personagens...
 
[ * * * ]

Lara Croft sobre Aspen Matthews:

"Que idiota! Pegue uma coelhinha de praia estereotipada da Califórnia do Sul e dê-lhe superpoderes e você terá Aspen Matthews. Na verdade, sabe, talvez isso não seja justo. Ela tem um doutorado em biologia marinha, então estúpida ela não é. Tenho certeza que ela sente inveja do que acredita ser um relacionamento entre eu e Cannon (é estritamente platônico, querida), e isso me diz que ela ainda tem muito a crescer."

Aspen Matthews sobre Lara Croft:

"Falo isso quase que totalmente baseada em uma primeira impressão, mas eu não sou muito chegada na Lara Croft. Ela é um pouco arrogante, um pouco como uma boneca Barbie britânica armada com frases de efeito, e um par de nove milímetros. Eu sei que os pais dela foram mortos quando ela ainda era bem jovem e ela teve que se virar sozinha, mas ainda assim... ela parece ter uma opinião muito alta sobre si mesma."
 
[ * * * ]

Lara Croft sobre Sara Pezzini:

"Sara e eu começamos com o pé errado durante aquele lance com o Moralto, mas eu vou dizer: não existe outra pessoa que eu preferia ter comigo durante um combate. Se você pedir para eu escolher, optaria por ter ela protegendo minhas costas do que uma parede de granito em qualquer situação. E ela aceita piadas sem ficar de mau humor. Uma boa amiga e uma boa mulher, essa é a Sara."

Sara Pezzini sobre Lara Croft:

"Que mulher! Lara Croft tem mais facilidade para entrar em encrencas do que uma sala cheia de alunos da sexta série, a diferença sendo que ela dispara balas ao invés de bolinhas de cuspe. Eu sei que não deveria, mas eu gosto muito dela. Ela me faz rir, e quando me coloca em situações bizarras, ela faz com que eu não leve a vida tão a sério. Tenho certeza de que seremos amigas para sempre!"

terça-feira, 31 de maio de 2022

Coleção: Novo lote de HQs, dois jogos de PS1


Quando montei um novo lote de quadrinhos na minha loja costumeira, infelizmente não consegui a edição #3 da minissérie Survivor's Crusade, mas compensei essa lacuna com o Crossover Tour Book de Fathom. Esperava que fosse um encadernado do arco completo mas, na verdade, é uma espécie de prévia contendo 5 páginas de esboços. Os paineis não existem na história final, e, além disso, traz uma breve seção onde cada garota compartilha pensamentos sobre suas parceiras.

Graças a um aviso do amigo Jefferson D, consegui pôr as mãos em Dagger of Xian e Adventures of Lara Croft para PlayStation, completos e na caixa, por um preço excelente — resta agora caçar o restante dos clássicos. E, por fim, o card de Goddess Story que possui um belo efeito metalizado, aqui colocado sobre um dos cards do TRCCG para sinalizar suas dimensões.
 
Aquisições pequenas, mas certamente somam ao valor inestimável de uma coleção nos dias atuais.

domingo, 29 de maio de 2022

Impressões sobre Among Walls

Among Walls é um caso curioso. O título havia sido listado há poucos meses na Steam e chamou atenção dos fãs pela óbvia inspiração em suas imagens — e os trailers iniciais até mesmo faziam uso de animações de Angel of Darkness, algo que foi rapidamente substituído quando a comunidade começou a criticar abertamente o jogo. Uma versão preliminar do jogo foi lançada na semana passada, no sistema de acesso antecipado, e foi removida meras horas depois.
 
O jogo em si é, indubitavelmente, um clone de nosso amado Tomb Raider. Por si, isso não chega a ser um problema, basta lembrar de alguns jogos lançados no final dos anos 1990 onde controles e mecânicas de jogo eram similares, até demais, como por exemplo Indiana Jones and the Infernal Machine, The Mummy e Prince of Persia 3D

Among Walls, em contrapartida, foi apresentado como uma homenagem ao "icônico jogo dos anos 90". A protagonista, Kiara Bell, é descrita como uma aventureira intrépida, que parte para os Andes equipada com duas pistolas para explorar tumbas em busca de tesouros e artefatos misteriosos... Meio sus.


domingo, 22 de maio de 2022

Curiosidade: Lara Croft em Goddess Story TCG

Em recentes aventuras pelo eBay, tomei conhecimento de uma coleção chinesa de cards chamada Goddess Story (女神物语 –), tão somente porquê nossa aventureira máxima recebeu sua própria cartinha no set NS-2M02, cujo foco é em personagens femininas de videogames — por padrão, essa coleção gira em torno de mangá e animé.

A arte de Moqianyu é baseada no reboot de Tomb Raider, e seu verso traz algumas classificações para a personagem e parte de sua biografia de Legend. A tradução da carta, abaixo, foi feita com ajuda do sempre amigo GeckoKid e posteriormente refinada para facilitar a leitura; as informações incorretas ou ausentes foram mantidas como estão na carta por motivos de TOC deste blogueiro.

E, claro, é até mesmo desnecessário dizer que não é um produto licenciado.
 
[ * * * ]

Nome: Lara Croft
Altura e peso: Desconhecidos
Medidas: Desconhecidas
Tipo sanguíneo: Desconhecido
Dubladora: Desconhecida
 
Beleza: B
Fofura: C
Inteligência: A
Ataque: A
Defesa: A
 
Primeira aparição: Tomb Raider

Lady Lara Croft é uma condessa de 11ª geração. A família Croft recebeu o título e os direitos de Abbingdon, em Surrey, pelo Rei Edward VI em 1547. As propriedades da família consistem em três mansões, duas das quais são preservadas pelo Fundo Nacional, e a terceira é o lar de Lady Croft.

quinta-feira, 19 de maio de 2022

Embracer cita planos para novas aquisições

Estamos num momento de transição durante o qual acredito que não teremos grandes anúncios ou novidades, pelo menos até que o acordo firmado entre a Embracer Group e a Square Enix seja finalizado. Dito isso, no relatório fiscal divulgado pela Embracer hoje pela manhã, eles citam planos para as franquias adquiridas. Eis uma tradução livre do trecho relevante:
Após o fim do trimestre, fortalecemos ainda mais nossa capacidade de desenvolvimento e nosso portefólio de IPs ao entrar em um acordo para adquirirmos a Crystal Dynamics, Eidos Montreal e Square Enix Montreal, incluindo Tomb Raider, Deus Ex, Thief, Legacy of Kain e outras IPs. O anúncio recebeu uma resposta estrondosa e positiva. Vemos um grande potencial, não apenas em continuações, mas também em remakes, remasterizações e spin-offs, bem como em projetos transmidiáticos entre o grupo. Esperamos que a transação seja concluída no período entre julho e setembro.
Embora nada seja especificado (por favor, atente-se a esse detalhe importante), a Embracer pode viabilizar versões para as plataformas atuais dos jogos mais antigos de nossa franquia favorita. Em anos recentes, o grupo trouxe inúmeras remasterizações de jogos que estão em seu rol infinito de franquias. Tomb Raider é um forte candidato a receber um tratamento similar no futuro, mas, até uma confirmação oficial, vamos manter nossas esperanças bem moderadas...