quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Trailer de lançamento de Go


Lara Croft Go já está disponível para compra nas plataformas Android, iOS e Windows Phone. Para celebrar a ocasião, a Square Enix Montreal divulgou o trailer acima. Pare tudo que estiver fazendo e comece a jogar esta preciosidade imediatamente!

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Itens de Rise, TR2013 via XBL Gold, site de Go

Aproveitando o gancho do anúncio da edição de colecionador de Rise of the Tomb Raider, a loja oficial finalmente recebeu novos itens! Novidades incluem camisetas, uma mochila e até acessórios de bar. A carteira chora.

A loja também lista os guias de estratégia, revelados alguns dias atrás. Da mesma forma que TR2013, terá duas edições. A edição de luxo e de capa dura deve trazer conteúdo exclusivo, embora ainda não tenha sido especificado. Os guias serão lançados pela editora Prima Games.
Assinantes da Xbox Live Gold receberão Tomb Raider: Definitive Edition em setembro. Eu consigo interpretar essa oferta de duas formas. Por um lado, tanto a Microsoft quanto a Square Enix podem estar usando a oportunidade para criar antecipação para o lançamento de RTR. Por outro, pode ser uma alfinetada na Sony, que ofereceu Temple of Osiris este mês para seus usuários...

Relic Run recebeu uma nova atualização! Além de diversas mudanças na interface, o sistema monetário interno também sofreu alterações: conquistas agora rendem gemas ao invés de moedas, por exemplo. Um novo item foi incluído, assim que possível atualizarei minhas listagens. Mountain Pass? Ainda não foi dessa vez.

E, para encerrar, Go! Com o lançamento agendado para amanhã, o jogo recebeu um elegante site oficial, no qual é possível conferir três amostras da trilha sonora. Acredito que até o final de semana eu comece a desenvolver postagens dedicadas ao jogo, embora nesse momento ainda sequer tenha certeza do que eu posso fazer com ele.
Clique para visitar o site oficial de Lara Croft Go

Edição de colecionador de Rise é revelada

Muita gente até já havia perdido as esperanças, mas hoje foi revelada a edição de colecionador de Rise of the Tomb Raider! O preço, especialmente para nós, não é nada convidativo – 149 USD, excluindo taxas e impostos adicionais.

Clique para ampliar
  • Rise of the Tomb Raider para Xbox One
  • Estatueta exclusiva de 12" (~30cm)
  • Steelbook
  • Réplica do diário existente no jogo
  • Pingente de jade
Como um todo, devo admitir que é uma edição bacana, principalmente por conta da estatueta. A versão para Xbox 360 não receberá uma edição de colecionador, e, embora não tenham sido confirmadas, maiores detalhes para PC e PlayStation 4 devem surgir perto de seus respectivos lançamentos. Ao contrário de Temple of Osiris, os itens não serão vendidos separadamente.
 
Acho curiosa algumas das inclusões: o diário é um item "de prestígio", quando distribuído em concursos, por ser uma tiragem limitada e exclusiva para os funcionários da Crystal Dynamics. Já o pingente fazia parte da edição especial do guia de estratégia de TR2013. Sobra de estoque?

Você já pode fazer a reserva na loja oficial da Square Enix. A Receita Federal agradece.

sábado, 22 de agosto de 2015

Novos quadrinhos adquiridos para a coleção

#36 Monster War #4
Gallery #12 #14
#15 #16 #17 Secrets and Lies

Tempos obscenos para nós, fãs brasileiros...

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Gameplay de Rise focado em furtividade


O mais novo vídeo de gameplay de Rise of the Tomb Raider mostra o mesmo cenário que havia sido apresentado na Gamescom, sob uma nova perspectiva. O gameplay original tinha como foco exibir variadas maneiras de abordar os inimigos, mas a recepção foi um tanto controversa.

Aqueles que não gostaram das mecânicas de combate introduzidas em TR2013, agora podem optar por evitar confrontos por completo, se assim preferirem. Vale notar, porém, que o diretor criativo do jogo, Noah Hughes, já avisa que nem sempre isso será possível.

De qualquer maneira, esse novo trailer revela dois novos movimentos! Lara pode usar uma combinação de cordas com o seu machado de escalada para balançar entre dois pontos e também para escalar até uma beirada fora de seu alcance. Na prática, parece funcionar de forma ao gancho magnético que ela tinha entre os jogos Legend e Underworld.

sábado, 15 de agosto de 2015

Rainha das Serpentes

Queen of Serpents, escrito por Rhianna Pratchett e publicado nas edições #13 a #18, traz a série de quadrinhos Tomb Raider a uma pausa. Ainda não sabemos se a série será retomada no futuro, após o lançamento de Rise of the Tomb Raider. Só espero que, em caso positivo, eles tenham maior liberdade para as histórias.

A primeira coisa que sabemos é que Lara trabalha no Museu Britânico, em Londres. Após o público se retirar, ela aproveita os ambientes para praticar parkour. Nessa noite em particular, ela se sente vigiada... Do lado de fora do restaurante em que trabalha, Jonah recebe uma caixa de um cidadão anônimo. Por fim, Sam, após escapar de um homem que a perseguia, dirige-se ao museu, preocupada com a amiga. Ela chega bem na hora, mas o homem que estava observando Lara consegue escapar, deixando para trás um controle remoto.

De volta ao museu, um recado no quadro branco fala para Lara assistir à fita. Com o controle, ela liga o videocassete e ambas são surpreendidas ao ver Grim, vivo e amordaçado. Uma mulher cobra resgate de cinco milhões de dólares, e aconselha Lara a não fazer bobagem alguma, pois eles sabem onde ela e seus amigos moram.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Novo vídeo de gameplay de Rise mostra Síria


Um pouco de história, sequências de plataforma, armadilhas e puzzles. Um belo contraste ao gameplay de guerrilha, não é verdade? Acredito que este seja o ponto onde qualquer novidade de Rise of the Tomb Raider provavelmente conterá spoilers. Esse próprio vídeo dá uma ideia de como navegar e solucionar essa tumba em particular, mas tenho certeza que a curiosidade prevalecerá sobre a paciência da maior parte dos fãs... (e sem arrependimento).

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Temple of Osiris via PSN+, data de Go e mais

Esse mês, assinantes da PlayStation Plus podem baixar gratuitamente Temple of Osiris. Se por algum motivo (leia-se "contrato de exclusividade") você havia deixado de comprar o jogo quando saiu, eis a desculpa perfeita para jogar sem culpa alguma. Mas seja rápido, pois a oferta é válida este mês apenas. Uma vez adicionado à sua conta, você tem acesso livre ao jogo enquanto sua assinatura estiver em vigor.

Se você está embarcando nessa jornada somente agora, permita-me fazer uma propaganda desavergonhada do guia que escrevi para o jogo, que cobre troféus, desafios e checklists completos dos itens no jogo. A título de curiosidade, o plano já ofereceu gratuitamente Underworld (12/11), Guardian of Light (05/12) e TR2013 (03/14) no passado.

Já no lado verde da coisa, a partir de novembro deste ano o Xbox One deve receber suporte inicial a retrocompatibilidade. Se você possui seus jogos de Xbox 360, poderá jogá-los no One sem despesas adicionais. De início, mais de 100 jogos do catálogo devem estar disponíveis, embora ainda não saibamos quais. Conquistas e DLCs funcionarão normalmente.

Jogos distribuídos pela Xbox Live Gold, que incluem LCGOL (01/14) e TR2013 (03/15), devem receber prioridade no processo de seleção. Difícil dizer se o reboot receberá suporte, uma vez que tivemos a Definitive Edition. De qualquer forma, apoie a franquia votando nos demais títulos no site da plataforma: Legend, Anniversary e TRU.

Relic Run recebeu uma nova e sorrateira atualização (v1.0.46). Além de melhorias na performance, um novo item e uma nova roupa foram acrescentados! A roupa é inspirada pelo visual clássico reinterpretado de TRA e é gratuita. Atualize o aplicativo para acessá-la imediatamente.

Temos novas informações sobre Go: o jogo será lançado no dia 27 deste mês. De acordo com uma breve sessão de perguntas e respostas no fórum oficial, o jogo já conta com 40 níveis divididos em 5 capítulos, e cada capítulo abrange uma série de ambientes distintos. Ao contrário de Hitman Go, não existe um sistema de pontuação, mas sim um de "reputação": será necessário encontrar itens escondidos no ambiente para destravar conteúdos extras.

Paralelo a isso, duas novas artes conceituais do jogo foram postadas. Elas servem como inspiração para um concurso de arte, infelizmente restrito para residentes da América do Norte. De qualquer forma, mais detalhes podem ser conferidos aqui.

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Informações de Rise oriundas da Gamescom

A Gamescom só termina no domingo, mas, após a apresentação de Rise of the Tomb Raider, que incluiu um novo trailer de gameplay, a mídia especializada deslanchou uma série de artigos cobrindo diferentes aspectos do jogo. A seguir, uma síntese com as informações mais relevantes.

A área mostrada na demonstração, cercada de montanhas, é chamada Geothermal Valley. De acordo com o diretor Brian Horton, ela é três vezes maior do que qualquer outra área que eles já construíram anteriormente.

A jogabilidade é vastamente mais do mesmo, e o sistema de "fluid cover" foi aprimorado para incorporar os novos elementos de furtividade (como se esconder em arbustos). Portanto, tudo ainda é contextual: se existir uma ameaça na área, Lara vai reagir automaticamente. A ideia por trás das estratégias de guerrilha é encorajar a criatividade do jogador, permitindo formas variadas para abordar os inimigos.

Entre as novas habilidades de Lara, uma que foi mencionada mas não exibida diz respeito a improvisar bombas com cogumelos e plantá-las no cadáver de um inimigo – quando outro soldado for investigar, será surpreendido pela nuvem de toxina. Também sobre as habilidades, é dito que terminar a campanha não será o suficiente para destravar todas, então caberá a cada jogador adquirir as habilidades que mais condizam com seu estilo de jogo no decorrer da mesma.

Como já sabemos, nem tudo é combate. A tumba na Síria era parte da demonstração jogável para a imprensa e, de acordo com relatos, a maior ameaça eram as armadilhas. O puzzle mencionado para essa tumba em particular envolvia inundar a área para atingir andares mais altos. Familiar?

Alguns poucos detalhes sobre a história surgiram. A mitologia de Kitezh será entrelaçada com a do imortal Koschei (devidas licenças criativas foram tomadas para esse fim). Antes de morrer, o pai de Lara estava pesquisando essa suposta imortalidade, e seus registros são o ponto de partida para Lara. O amigo @LodairJunior traduziu este artigo na íntegra para o portal Croft World, confira.

De acordo com o diretor executivo da Square Enix, Phil Rogers, o contrato de exclusividade com a Microsoft não deve ser visto como qualquer tipo de indicativo quanto ao futuro da franquia: cada caso é analisado individualmente e sempre é uma decisão difícil.

A polêmica em torno de RTR ainda é grande, mas ele garante que acreditavam ser o melhor para a franquia no momento e que a Microsoft sempre apoiou a direção tomada com TR2013. Phil Spencer, diretor da divisão Xbox, volta e meia menciona que gostaria de ter um concorrente de peso contra Uncharted, então é fácil ligar os pontos aqui.

Mais interessante que isso, porém, é que Rogers mencionou "trilogia" durante a entrevista. Ninguém se surpreende com a inevitabilidade de uma continuação após RTR, afinal a franquia reconquistou seu lugar ao sol após o reboot.

Por fim, o segundo pôster da série limitada, com o tema "Tombs", entrou em circulação no evento. Nos próximos meses, devemos ser contemplados com "Guerrilla Combat" e "Lara's Journey". Ah, sim, para aproveitar este recapitulativo, o vídeo de produção exibido na E3 pode ser conferido em direct-feed aqui, e um comercial já está no ar na TV americana, embora ainda não tenha sido liberado pela Crystal Dynamics em boa qualidade.

[ Fontes: Kotaku | GameSpot [+Brutal] [+Myths] [+Sequel] | IGN ]

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Gameplay de Rise focado em guerrilha


Sempre que a Crystal Dynamics fala de Rise of the Tomb Raider, as estratégias de combate de guerrilha são mencionadas. Nesse novo vídeo de gameplay, exibido hoje durante a Gamescom, existe uma detalhada demonstração: Lara invade e derrota um acampamento inteiro da Trinity usando todo tipo de recurso à sua disposição.

Para não dizer que tudo é combate, ao final temos um pequeno aperitivo da Síria. Junto a esse trailer, também foram publicadas cinco novas screenshots, que você pode conferir aqui.

Bônus de pré-venda de Rise são anunciados

Muitas das redes participando do programa já haviam mencionado bônus de pré-venda em suas listagens de Rise of the Tomb Raider, mas hoje a Crystal Dynamics anunciou oficialmente os pacotes e o conteúdo de cada um. Com exceção do steelbook europeu (eBay, aqui vamos nós), todos itens são digitais.

A princípio, parecem valer apenas para a versão principal do jogo (ou seja, Xbox One). Após um período de exclusividade, devem aparecer para venda como DLC e, muito provavelmente, serão inclusos no jogo quando o mesmo for lançado para PC e PS4.

http://amzn.com/B00KVRNIQU
Amazon
  • Roupa: Hope's Bastion (dano adicional para flechas carregadas)
  • Skin: Wreckoner Battle Axe
  • Carta: Juggernaut (proteção adicional temporária após cada inimigo derrotado)

http://www.gamestop.com/xbox-one/games/rise-of-the-tomb-raider/122184
GameStop (US) e GAME (UK)
  • Roupa: Apex Predator (reduz dano causado por animais)
  • Arma: Python Hand Cannon
  • Carta: Holy Fire (inimigos mortos com ataques corporais pegam fogo, atingido inimigos próximos)
  • ★ Steelbook (exclusivo para rede inglesa GAME)

http://www.bestbuy.com/site/rise-of-the-tomb-raider-xbox-one/6940069.p?id=1219243021794&skuId=6940069
Best Buy
  • Roupa: Sparrowhawk (bônus para habilidade de caça)
  • Skin: White Wood Recurve Bow
  • Carta: Master Hunter (quando caçando, dano causado e recompensas em dobro)

Demais redes participantes
  • Roupa: Remnant (chance de fazer bandagens sem gastar recursos)
  • Skin: Matte Ebony Magnum Skin
  • Carta: Bullet Resistance (resistência extra contra disparos inimigos)

As roupas são bem diferentes do que estamos habituados, mas não menos interessantes. O que mais me intriga, porém, é como essas cartas devem funcionar em jogo. A postagem no blog oficial diz que vão entrar em maiores detalhes no futuro, mas que elas servem para uso em modos extras de jogo e que podem, além de alterar a experiência de jogo, auxiliar a atingir posições melhores nos rankings. Esperar para ver...

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Desafios renovam partidas dos clássicos; TR1

Jogadores veteranos certamente já se depararam com tópicos em fóruns sugerindo diferentes formas para abordar novas partidas dos clássicos. Os desafios geralmente consistem em terminar o jogo usando somente as pistolas, não usar medikits, não matar inimigos e assim por diante. Alguns mais exóticos (e recentes) trocam as pistolas pela Harpoon Gun em Dagger of Xian, por exemplo.

Algum tempo atrás, o fã doppeL postou, no fórum oficial, uma sugestão até então inédita para mim. Ele adaptou as regras de Nuzlocke, originalmente concebidas por jogadores da série Pokémon, para uso nos três primeiros jogos. Já tendo terminado os jogos diversas vezes, inclusive sob alguns dos desafios supracitados, achei esse interessante por restringir o número de saves. 

Decidi que, quando entrasse em férias, dedicaria algumas horas para revisitar o clássico Atlantean Scion. Como eu não faço transmissões ao vivo, poderia facilmente burlar o número de vidas, então alterei levemente as regras que ele propôs:
  • Usar apenas as pistolas
  • Coletar apenas um medikit por nível
  • Salvar até 10 vezes no jogo inteiro (mais um save bônus no final do jogo)
A restrição de saves exponencia a dificuldade do jogo, uma vez que estamos tão habituados a salvar a cada ação bem-sucedida e simplesmente reverter o save em caso de erro. Considerando que o jogo possui 15 níveis de dificuldade progressiva, é sábio espaçar os saves nos níveis iniciais de forma a ter alguns de sobra no ato final.