quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Retrospectiva Raider Daze 2014

Apesar de todos os contratempos e adversidades do cotidiano, este foi um ano bastante prolífero para o blog, por isso decidi fazer uma retrospectiva do que rolou aqui no Raider Daze em 2014. O maior e mais importante evento, certamente, foi ser aceito no programa de fansites da Crystal Dynamics. Poderia parafrasear uma conhecida frase do Homem-Aranha, mas vou me abster. Ao invés, vamos relembrar os acontecimentos do ano...

A E3, que ocorreu em junho, surpreendeu com um anúncio duplo para os fãs: Temple of Osiris já está entre nós e Rise of the Tomb Raider está a caminho, mesmo que apenas para alguns. Em contrapartida, Reflections foi cancelado antes de sequer se tornar alguma coisa.

Decidi encarar alguns projetos pessoais que estavam pendentes há tempos. Dentre eles, os detonados de The Golden Mask e The Lost Artifact, e devo dizer que estou orgulhoso desses trabalhos em particular. Não sou exatamente bom com edição de vídeos e tampouco tenho paciência para aprender coisas novas, mas me esforcei para casar esse material junto. A demanda beira o não existente, mas não deixei isso me impedir.

Outro guia no qual também me empenhei foi o do supracitado e recém lançado LCTOO, trazendo em primeira mão catálogos de colecionáveis. Vou continuar oferecendo esse tipo de apoio compulsivo graças aos desafios comunitários, então permanecerei ativamente no jogo por alguns meses.

Ainda nessa parte de "conteúdo exclusivo," graças aos milagres da emulação eu exibi a sala de troféus de Anniversary (Wii) e, finalmente, desvendei as Tomb Trials de Legend (PSP). Ainda em território do PSP, fiz capturas das lendárias roupas exclusivas de TRL e TRA. E falando em roupas, também postei algumas imagens que extraí de LCR, e, embora não tenha desenvolvido nada sobre isso, planos existem...

O ano também rendeu algumas adições à minha coleção. O foco esteve, claramente, nos quadrinhos, com um progresso substancial nessa área. Não poderia ter sido diferente, afinal a Dark Horse começou a publicar novas HQs e a experiência me garante que é mais fácil comprá-las agora, conforme saem, do que correr atrás delas depois...

No que diz respeito ao Level Editor, eu infelizmente não consigo voltar a me dedicar a ele com a mesma intensidade de outrora. Mesmo assim, consegui finalizar os níveis de Back to Basics Venice e Khmer Empire, sem falar no fantástico Hypersquare. Eu não devo voltar a construir níveis, mas rejoguei Vendetta! para criar um pequeno vídeo ‒ ainda hoje me orgulho deste nível, ciente de que nem de longe seja uma obra prima. 

Bem, acredito que todas as bases tenham sido cobertas. Agradeço sua visita e espero que o conteúdo que apresento no blog instigue retornos periódicos. Que 2015 seja um ano de grandes realizações para todos nós!