segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Novos livros adquiridos: El Viaje e Imortais

Tem sido um ano bastante difícil para nós, com uma infindável crise financeira e política e nosso dia-a-dia cada vez mais dominado pela violência e insegurança. Por outro lado, tem sido um ano relativamente bom para Tomb Raider, com diversos novos produtos a caminho. Mesmo que a coleção mantenha seus passos de formiga, sempre há algo no horizonte...

Aqui agrupei dois livros adquiridos na mesma época, mas quis terminar de ler ambos antes de criar a respectiva postagem. Os Dez Mil Imortais, em minha opinião, continua tão entediante quanto a versão original, e ademais conta com problemas na tradução. Não necessariamente erros, mas coisas pequenas que passaram batidas numa revisão. Um exemplo crítico? Página 74, "Laura"...

El Viaje de Lara Croft é um caso complicado. Preciso deixar bem claro que trata-se de um livro NÃO AUTORIZADO pela Square Enix ou Crystal Dynamics e sua compra não é indicada. Não somente pelas questões legais (o livro foi publicado na Espanha e não credita nenhum artista responsável pelas imagens usadas, como a própria arte de capa que se trata de uma fanart), mas o livro está repleto de informações incorretas.

Além dos esperados erros de formatação, digitação e de continuidade (ora escrito em primeira pessoa, ora em terceira), este livro faz uma mistureba sofrível nas diferentes biografias de Lara Croft; afirma que o primeiro jogo de Gameboy era um remake de TR1 (e, logo no parágrafo seguinte, se contradiz dizendo seguir uma história diferente); menciona os lendários três níveis exclusivos da versão para N-Gage (sobre os quais ninguém, até hoje, comentou qualquer coisa, o que me leva a acreditar que não existem)...

Existem muitos outros problemas, estes são apenas alguns exemplos. Também preciso ressaltar que certas informações são repetidas inúmeras vezes, o que me parece injustificado num livro tão curto. Talvez um recurso que se fez necessário para atingir um número mínimo de palavras?

Por outro lado, o livro é de bom acabamento, de capa dura e páginas coloridas repletas de imagens. Aliás, uma página quase inteira sobre Legend traz tradução de conteúdo que eu escrevi para Wikipedia em 2006, realçando as diferenças entre as versões do jogo. Entre isso e portais e páginas de Facebook relativamente grandes frequentemente se apropriando de conteúdo que eu produzo sem qualquer tipo de retorno, talvez devesse reconsiderar como aproveito meu tempo livre...

domingo, 28 de agosto de 2016

PRO n.222: Lara Croft estampa capa e pôster

A PlayStation Revista Oficial n.222 traz como matéria de capa o preview publicado na OPM UK. Ao contrário da publicação inglesa, porém, a edição nacional recorreu a uma das primeiras artes de Rise of the Tomb Raider para estampar sua capa e descartou integralmente as 20 páginas de retrospectiva do artigo original.

Além do preview de 10 páginas, a revista também encarta o pôster que você pode conferir acima.

sábado, 27 de agosto de 2016

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Trailer mostra DLC da Croft Manor de Rise


Um novo trailer de Rise of the Tomb Raider foi publicado hoje, contendo cenas das duas partes do futuro DLC ambientado na Mansão Croft: Blood Ties e Lara's Nightmare. Para maiores informações, por favor, verifique esta postagem.

domingo, 21 de agosto de 2016

Concerto em Londres acontece em dezembro

Esta é para poucos, mas ainda assim devo noticiar aqui: em dezembro deste ano ocorre a estreia mundial da Tomb Raider Suite em uma apresentação única em Londres.

Incluso como parte das celebrações do vigésimo aniversário de Tomb Raider, o compositor Nathan McCree, responsável pela trilha sonora dos três primeiros jogos, criou uma suíte musical de 70 minutos para orquesta completa e coral. A suíte é baseada nos temas famosos, além de versões prolongadas e variações das faixas originais.

Tomb Raider: Live in Concert oferece aos fãs a chance de ouvir essas composições em uma orquestra ao vivo pela primeira vez, apresentada pela Orquestra Filarmônica Real. O concerto promete ser uma experiência visual e musical única; e um telão acima da orquestra exibirá cenas dos jogos e entrevistas com os criadores. Além disso, antes do concerto iniciar, o próprio Nathan irá falar sobre a criação das músicas dos jogos originais.

Live in Concert acontecerá em 18 de dezembro em Londres, e ingressos já podem ser adquiridos, com valores a partir de GBP 33.50 (aproximadamente BRL 140). Os tickets VIP incluem um cordão e cópias da programação do concerto e da capa da Tomb Raider Suite autografadas pelo músico.

A nós, meros mortais, resta torcer para um DVD desta apresentação.  

Paralelo a isso, Nathan concedeu uma entrevista de quase uma hora ao documentário Beep, cujo foco é integralmente na composição de músicas de games. Caso tenha interesse, confira a seguir:

sábado, 20 de agosto de 2016

Cinco HQs indispensáveis de Tomb Raider

Pouco tempo após se tornar sensação mundial com o sucesso do primeiro jogo, Tomb Raider invadiu outras mídias. Apesar da pequena distribuição no Brasil, diversas histórias em quadrinhos foram (e ainda são) publicadas lá fora. Eis aqui cinco das minhas favoritas.

Sua primeira aprição nas páginas de uma história em quadrinhos ocorreu em uma edição especial com a Witchblade, em 1997, mas logo em seguida Lara Croft ganhou uma publicação própria. Entre 1999 e 2005, as HQs de Tomb Raider tiveram seus altos e baixos, como todas as outras facetas da franquia. Algumas das histórias se destacam, porém, e sempre agradam quando revisitadas.

Usando a premissa do reboot, a editora Dark Horse passou a publicar histórias novas a partir de 2014. Até o momento, é seguro dizer que nenhuma das histórias atingiu o mesmo patamar estabelecido pela Top Cow, mas ainda tenho esperanças de que isso possa acontecer...

Chasing Shangri-la
Escrita por Dan Jurgens e ilustrada por Billy Tan. Lara Croft e Chase Carver – de acordo com Lara, o único saqueador de tumbas no mundo equiparável a ela – roubam um helicóptero para chegar até Shangri-la. Perto do seu destino final, uma perseguição aérea força Lara a se ejetar e derrubar o outro helicóptero antes de esquiar montanha abaixo até encontrar os portões da cidade esquecida pelo tempo. Um clássico instantâneo, apesar do final ser um pouco anticlimático.

Endgame
Escrita por John Ney Rieber e ilustrada por Michael Turner (in memoriam). Lara Croft vive revirando segredos perdidos do passado, então nada mais plausível que em algum momento as coisas dariam errado – e numa caverna subterrânea, abaixo de Nova York, ela se vê possuída por uma entidade tão antiga quanto a própria Witchblade, de sua amiga Sara Pezzini. Tentando retomar o controle sobre o próprio corpo, a solução que Lara encontra envolve o sacrifício máximo...

Inner Demons
Escrita por James Bonny e ilustrada por Michael Choi. Essa é uma das últimas histórias (edição #45), mas é uma das mais intrigantes. A forma como entrelaça a temática de equilíbrio entre bem e mal com a trajetória de Croft é sensacional, e até ajuda a delinear o perfil de Lara nos jogos – em uma das biografias, era dito que seu único medo era o cão de sua tia, e nessa história foi a conquista deste medo que criou a obsessão pelo perigo, para se sentir viva. Genial.

The Medusa Mask
Escrita por Dan Jurgens e ilustrada por Andy Park. O pontapé inicial conta com algumas leves alterações na biografia de Lara, além de introduzir Hartford Compton como mordomo/assistente e também o supracitado Chase Carver. Ao longo dos quatro capítulos, são várias reviravoltas e viagens ao redor do mundo, com uma conclusão satisfatória – apesar do aparente abandono do artefato...

Menções honrosas: Angel of Darkness; edição #½; Epiphany.
Vendetta
Escrita e ilustrada por Michael Turner (in memoriam). A primeira aparição de Lara Croft nas páginas da Top Cow também foi a mais impactante, em minha opinião. Ela chega derrubando uma porta, disparando duas submetralhadoras contra um demônio enquanto faz saltos com piruetas para se esquivar das investidas do inimigo – exatamente como os jogos da época. A história tem um grande foco na parte policial, afinal temos Sara Pezzini, mas como um todo ela fecha muito bem com as duas personagens. E como um bônus extra, em determinado momento Lara veste sua clássica roupa de mergulho da Sola (de TR2)! Impecável.

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Novas imagens da Croft Manor de Rise

http://tombraider.tumblr.com/post/149065087697/new-rise-of-the-tomb-raider-20-year
Hoje cedo, a Crystal Dynamics liberou uma nova série de screenshots e uma arte conceitual da Croft Manor, que chegará a Rise of the Tomb Raider na forma de conteúdo adicional pago em 11 de outubro. Além de Blood Ties e Lara's Nightmare, algumas das telas também exibem skins da Lara clássica em ação.

Confira todas imagens no blog oficial.

domingo, 14 de agosto de 2016

Portal TombRaider.com recebe novo design

O portal oficial de Tomb Raider inagurou um novo design hoje. Entrando no embalo das celebrações de #TombRaider20, o site apresenta um layout moderno e mais agradável aos olhos, em comparação com o design anterior que era predominado por cores escuras.

http://www.tombraider.com/

sábado, 13 de agosto de 2016

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

History and Geography in Tomb Raider — Ep.1


Depois de quase dois meses de espera, a série History and Geography in Tomb Raider recebe seu episódio inaugural. Como prometido na revelação, este projeto liderado por uma fã visa entrelaçar a história e mitologia real com a dos jogos. Este primeiro episódio detalha e explora a aventura original de Croft, usando elementos tanto de TR1 como de TRA. Não deixe de conferir!

[Atualização em 16/08/2016:] Legendas em português brasileiro estão disponíveis. Tanto nesse episódio como no trailer, o tempo que o YouTube levou para disponibilizar publicamente as legendas foi de aproximadamente 3 dias. Não tenho um domínio tão grande de História quanto a autora do projeto, então peço desculpas por qualquer erro na tradução.

[ History and Geography in Tomb RaiderTumblr | Facebook | YouTube ]