segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Lista de troféus de Rise of the Tomb Raider

Clique para conferir a lista de troféus do jogo no PS4
A lista de troféus de Rise of the Tomb Raider finalmente foi disponibilizada. Para surpresa de muitos, o jogo virá com uma quantidade robusta de troféus: ao todo, serão 125 deles! Em sua esmagadora maioria, são troféus de bronze, mas a lista é bastante similar a das versões Xbox One e Steam, com algumas poucas remoções.

Também vale notar que ao menos 23 conquistas novas devem ser acrescentadas através dos DLCs Blood Ties e Endurance cooperativo. Assim sendo, atualizarei o meu guia de conquistas um ou dois dias após o lançamento no conteúdo novo, e um guia retrabalhado com foco nos troféus será publicado tanto aqui no blog Raider Daze quanto no portal PSX Brasil em breve.

sábado, 24 de setembro de 2016

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Saves para versão Android de Tomb Raider

Está preso em algum nível de Tomb Raider no seu Android mas não quer abandonar o jogo? Chateado que os códigos de trapaça foram desativados? Eis aqui uma possível alternativa: saves.

Como regra padrão, estou oferecendo um save no início e um no final de cada nível do jogo (bem como sua expansão, Unfinished Business). Algumas poucas exceções existem, como um save após a temível sala dos pilares de fogo em Palace Midas, por exemplo.

Os saves estão disponíveis para download através deste link (futuramente, devem ser disponibilizados através do site da Stella). Instalar eles é bem simples: basta copiar o save desejado para o diretório \Android\data\com.squareenix.tombraider1classic\files\ de seu dispositivo através de um cabo USB. Lembre-se de fazer uma cópia de backup dos seus próprios arquivos antes de sobrescrevê-los!

Espero que esses saves venham a ser úteis para alguém. Eu cogitei (e até mesmo iniciei) um detonado completo em texto para o jogo principal, mas abandonei a ideia assim que encerrei o primeiro ato. Se servir de ajuda, já compartilhei aqui no blog uma partida completa do jogo original e um detonado para o pacote de expansão. Uma Tarefa Inacabada
android tomb raider 1 original unfinished business savegames download

sábado, 17 de setembro de 2016

Dez níveis inesquecíveis da série Tomb Raider


Em mais um artigo subjetivo, elenco e comento brevemente dez dos meus níveis favoritos de toda a franquia. Não se trata de uma lista definitiva, mas sim uma que reflete como me sinto quanto aos jogos neste momento em particular. De qualquer forma, se você já tentou montar uma lista assim, sabe como é difícil escolher somente dez...

Em junho deste ano, durante a E3 para ser mais específicio, a Meagan Marie apresentou uma seleção das Top Tombs: um nível de cada jogo foi escolhido como favorito dos fãs. Quando decidi os tópicos que abordaria nesse cronograma especial, pensava em fazer um "top 10", e é curioso como minhas escolhas passam longe da opinião popular.

Escolher apenas dez níveis não é uma tarefa fácil, e de certa forma até desfavorece os jogos após o reboot por conta da estrutura que seguem, mas foi um passatempo instigante. Foi uma desculpa perfeita, complementar ao aniversário, para revisitar todos os jogos da série ainda outra vez...

Fica a sugestão, aliás, para você fazer o mesmo – se já não o fez.

[ * * * ]


Temple of Karnak
Como um todo, eu considero o visual de The Last Revelation inteiro um tanto cansativo, talvez por isso eu goste tanto de Karnak – uma refrescante mudança na ambientação. Além disso, coletar os canopos para permitir que Lara literalmente caminhe sobre a água certamente é um momento memorável para muitos de nós.

Valhalla
A forma como a mitológica Valhalla nos foi apresentada pode não ter sido como muitos gostariam, é verdade, mas isso não a torna menos intrigante. Apesar da sequência da torre circular para abrir o portão em Gate of the Dead, o real destaque, para mim, é a navegação pela área da ponte com os martelos gigantes.

Atlantis
Essa é uma fase que garante seu lugar aqui tão somente pela surpresa. Acredito que ninguém esperaria que Atlântida fosse uma pirâmide-incubadora "viva", na falta de um termo melhor para descrever a sinistra ambientação. Paredes pulsantes, acompanhadas por uma tensa trilha sonora com batimentos cardíacos, reforçavam a sensação de que estávamos onde não deveríamos... Não posso deixar de mencionar a doppelganger, claro.


Tomb of Tihocan
É verdade que a versão de Anniversary é uma síntese simplificada de dois níveis diferentes do jogo original, mas é o meu nível favorito no remake. Além de inundar e drenar a cisterna para finalmente alcançar a tumba proprimanete dita, ainda temos o confronto contra uma dupla de centauros com olhar petrificante. A sacada de usar seus próprios escudos para refletir o feitiço é bacana, dando aos chefes uma propriedade adicional além da tradicional "esponja de balas".

Beneath the Ashes
O maior (e talvez único) problema deste nível é sua distribuição. Por se tratar de conteúdo adicional e exclusivo para Xbox 360, acredito que uma parcela muito pequena dos fãs pôde conferir. Quem o fez, certamente saiu convencido de que este nível supera praticamente tudo em Underworld. Conceitualmente falando, não sou grande fã da ideia de catacumbas convenientemente localizadas abaixo da Mansão Croft, mas em praticamente qualquer outro quesito, é uma das fases mais inteligentes da segunda era da franquia.

Wreck of the Maria Doria
Assim como Valhalla, acima, essa fase por si talvez não se destaque, mas todo o conjunto ao qual pertence representa uma das ambientações mais únicas e exuberantes vistas na série. A única coisa que eu faria diferente seria a quantidade de inimigos nesses níveis: eu eliminaria toda a presença de inimigos humanos, deixando apenas as formas de vida locais (tubarões, moreias, etc.), para reforçar o senso de isolação que uma profundeza assim traria... Não seria sádico o suficiente para inserir criaturas abissais, porém!


Palace Midas
É verdade que a versão de TRA possui um visual mais agradável, sem contar que as salas das armadilhas foram ampliadas, mas em TR1 o palácio era absolutamente majestoso. Exploramos áreas exageradas e variadas em busca de três barras de chumbo para transformá-las em ouro, trazendo ao jogo uma bela interpretação do mito em torno do rei. O mais curioso é que a estátua de Midas – ou melhor, o que restou dela – ficava escondida.

The Ghalali Key
Todos os níveis de Legend são curtos demais, e o situado no Nepal, infelizmente, é o menor de todos. O pouco que temos, entretanto, é agradável e divertido de se jogar. O monastério no final permitiria uma grande expansão a essa visita, mas apenas retém um puzzle e uma elaborada sequência de fuga. É um dos meus níveis favoritos pela ambientação global, incluindo trilha sonora.

Sleeping with the Fishes
Gostaria de inserir nesta posição todos os níveis de The Lost Artifact, obrigado. Cada nível neste pacote de expansão traz algo de único, como a incursão pelo Eurotunnel ou a breve aparição do Stonehenge, mas este aqui se destaca pelo grande foco em exploração subaquática. Não é nada que já não havíamos visto em TR2, é claro (veja bem, Maria Doria também está nessa lista!), mas aqui tudo parece tão mais objetivo e divertido.


Temple of Xian
O suprassumo não poderia ser outro, afinal poucos níveis na história da saga possuem a complexidade deste nível. Não só por sua extensão, mas também pelas constantes séries de armadilhas: ele realmente coloca tudo que você aprendeu no decorrer da campanha a teste. No fim das contas, Lara acaba chegando tarde demais e apenas testemunha Bartoli realizar o ritual com a adaga de Xian, mas é a jornada que conta, certo? 

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Mod: Trajes exclusivos de Legend no PSP


Eu já devo ter mencionado inúmeras vezes que não tenho talento ou habilidades artísticas de qualquer espécie. Minha experiência com a "criação" de mods é melhor descrita como simples alterações na paleta de cores do Photoshop, nada mais.

Dito isso, este é um pacote que eu realmente queria fazer – trazer para a versão PC de Legend os seis trajes exclusivos da versão PSP. De longe, a parte mais complicada foi extrair as texturas, mas após algumas horas de testes e experimentos fracassados, consegui. Para rodar no hardware, obviamente as texturas são de menor qualidade (128px, ao invés dos 512px da versão PC), então esses mods não apresentam o mesmo nível de detalhe que as roupas originais.

Em minha opinião, porém, a transição ficou aceitável. A menos que você aproxime a câmera da personagem, talvez sequer note a diferença na qualidade. Confira o breve vídeo acima para uma amostra prática, e, caso tenha interesse, faça o download do mod aqui.

Para maiores informações sobre o Texmod, visite o Tomb Raider Hub.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Woman vs Wild: Mansão Croft


Aí, sim, fomos surpreendidos novamente. A minissérie "Woman vs Wild", concebida como uma trilogia na campanha de marketing de Rise of the Tomb Raider, foi revivida com um novo vídeo focado no conteúdo adicional da edição 20 Year Celebration. E não para por aí: um futuro capítulo mostrará as funcionalidades do PlayStation VR em Blood Ties.

O vídeo exibe cenas que podem conter spoilers da campanha principal. Em contrapartida, além de algumas cenas novas da Mansão Croft, vemos em ação todas as skins da Lara clássica e também a versão reimaginada do traje da Antártida, de Adventures of Lara Croft.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Novas HQs adquiridas; Frozen Omen completa

#34 #43 Monster War #1 Frozen Omen #4
#2 #4 #5 Queen of Serpents

Esta é uma compra que iniciou muito maior, mas me vi obrigado a retirar um punhado de edições para conseguir fechar dentro do meu orçamento, especialmente por conta da conversão monetária. As edições da Top Cow não costumam surgir com preços acessíveis, mas tive a sorte de conseguir duas delas e incluí a última variante da minissérie Monster War que me faltava.

Já se tratando de Dark Horse, consegui o número que faltava de The Frozen Omen. Não devo adquirir novas HQs neste ano, na expectativa de possíveis colecionáveis de #TombRaider20. Aliás, esse lote aqui foi comprado antes da revelação de Archives, que também pretendo adquirir...

Eu devia ter estudado para ser alguém na vida para conseguir sustentar um hobby tão caro.

sábado, 10 de setembro de 2016

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Rise será compatível com recursos do PS4 Pro


A Sony anunciou oficialmente o PlayStation 4 Pro, sobre o qual ouvíamos rumores há certo tempo. O console terá especificações técnicas mais avançadas que o modelo atual, sendo capaz de rodar jogos na resolução 4K e também tirar proveito de tecnologias como HDR.

A Sony garante que não existirão jogos exclusivos para esse modelo, então o seu PS4 ainda será capaz de rodar todos os futuros lançamentos. Agora, se você se encaixa no público alvo da versão Pro (e não se incomode em gastar USD 399), poderá desfrutar de recursos visuais adicionais.

No caso de Rise of the Tomb Raider, o PS4 Pro oferecerá três configurações gráficas pré-definidas:
  • 4K Resolution (trancado em 30fps);
  • High Framerate (1080p, com taxa de quadros por segundo variável para uma experiência mais suave – similar à versão PS4 da Definitive Edition de TR2013);
  • Enhanced Visuals (1080p, com maior fidelidade gráfica que a opção anterior mas trancado em 30 fps).
Trocando em miúdos, mesmo num televisor HD convencional o PS4 Pro oferecerá visuais melhores que o PS4 atual. Importante notar que essas opções vêm inclusas no pacote, portanto, quando essas tecnologias estiverem ao nosso alcance, poderemos revisitar RTR sem o custo adicional de uma "remasterização 4K"...

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Miniatura #TombRaider20 da Loot Crate

Esta é uma peça um tanto peculiar. Aparentemente, serviços como Loot Crate são bastante populares lá fora, nos quais você paga por uma assinatura e recebe mensalmente uma caixa com diversos itens (normalmente exclusivos) de franquias diferentes relacionadas a um tema específico.

No caso em questão, uma peça de #TombRaider20 foi inserida na caixa de julho, sob o tema Stranded. De longe, nota-se que é uma variante da minifigura da Gold Edition de Temple of Osiris, a grande pergunta é a inspiração para o traje "icônico" que a figura representa...

Ainda são comuns no eBay, então quem tiver interesse deve correr para garantir uma.

Aproveitando a deixa, existe ainda uma outra variante desta figura. Uma versão com o traje preto – similar ao do primeiro filme – e pistolas douradas. Esta versão, porém, é uma relíquia exclusiva para a equipe de desenvolvimento do jogo.

Para ilustrar esta postagem, Brenna O' Leary, que trabalhou como assistente de qualidade em LCTOO, gentilmente cedeu a fotografia que você confere ao lado.